Notícia

04 de Janeiro, 2018

Papa irá celebrar Missa com migrantes e refugiados

Celebração acontecerá no dia 14 de janeiro, Dia Mundial do Migrante e do Refugiado

No Dia Mundial do Migrante e do Refugiado de 2018, celebrado no próximo dia 14 de janeiro, o Papa Francisco irá presidir a Santa Missa, na Basílica Vaticana, com a presença de milhares de migrantes e refugiados.

Na mensagem divulgada para a ocasião, Francisco pede acolhimento, proteção e integração dos migrantes e refugiados. “Cada forasteiro que bate à nossa porta é ocasião de encontro com Jesus Cristo, que Se identifica com o forasteiro acolhido ou rejeitado de cada época. O Senhor confia ao amor materno da Igreja cada ser humano forçado a deixar a sua pátria à procura dum futuro melhor”, diz o Papa.

Para dar uma resposta concreta a essa realidade, o Santo Padre indica quatro atitudes: acolher, proteger, promover e integrar. Ele assegura a posição da Igreja de se comprometer na realização dessas iniciativas, lembrando a importância da contribuição de “homens e mulheres de boa vontade, que são chamados a dar resposta aos numerosos desafios colocados pelas migrações contemporâneas com generosidade, prontidão, sabedoria e clarividência”.

A temática da migração é frequentemente abordada por Francisco em seu pontificado. O mais recente pronunciamento do Papa a respeito da crise migratória foi em 1º de janeiro, Dia Mundial da Paz, cujo tema foi dedicado às pessoas que foram forçadas a deixar sua pátria. Ele reiterou seu desejo de fazer-se “voz destes nossos irmãos e irmãs que invocam para o seu futuro um horizonte de paz”, uma paz que é direito de todos.


Fonte: Amex, com Rádio Vaticano